imagens_topos_colares.png

Nossa Carta de Princípios

“SOMOS O POVO QUE ESTÁVAMOS ESPERANDO!”

diz a profecia Hopi

 

 O que é COMO+UM entre Nós:

 

  1. Queremos cultivar a Cultura da Partilha, a Convivência Cooperativa, do Cuidado com a Vida.

  2. Desejamos viver numa comunidade intergeracional de famílias independentes e interdependentes comprometidas em encontrar um propósito e um sentimento de pertencer, aprender, crecer, brincar juntos e assim fortalecer nossos vinculos.

  3. Buscamos equilibrar simplicidade, autenticidade, liberdade e respeito na nossa forma de morar e de interferir na Natureza e na comunidade do nosso entorno. Isso inclui cuidados com os animais, com a redução e destino do nosso lixo, com o uso da água e energia eletrica, entre outras ações.

  4. Confiamos que o compromisso com o respeito mútuo, o espírito generoso e inclusão das diferenças nos dá oportunidades para crescimento pessoal, grupal e a prática da humildade e gentileza.

  5. Acreditamos que todo conflito é bem vindo pois sua expressão nos dá a possibilidade de resolve-los de forma acolhedora, inclusiva onde os sentimentos são respeitados e as necessidades são consideradas. Aceitamos o conflito como um aspecto da vida em comunidade e reconhecemos que o crescimento ocorre por meio da resolução de divergências e o respeito às diferenças.    Todos os incômodos e conflitos, sem exceção, precisam ser cuidados a partir da escuta dos nossos próprios sentimentos e necessidades.

  6. Nossas tomadas de decisões são por consenso ou consentimento – nunca por votação. Confiamos na sabedoria suprema do grupo, na Inteligência Coletiva.

  7. Novos combinados ou mudanças dos combinados acontecem a partir da escuta atenciosa de cada necessidade e do equilibrio com o cuidado do  bem comum.

  8. Optamos pela governança através da auto gestão, baseada na Sociocracia, pois acreditamos que esse modo facilita o empoderamento e a auto responsabilidade dos moradores.

  9. Tendo a certeza de que nossos aprendizados individuais e coletivos fazem mais sentido se puderem ser compartilhados com mais pessoas e assim multiplicado, o grupo de moradores tem também como proposito oferecer com e para a comunidade saberes dos mais variados, através de oficinas de aprendizagem, atividades sociais, culturais, artísticas ou serviços básicos como alimentação, por exemplo. Essa prática frequente será uma forma de conexão com a vizinhança, como os moradores locais e da redondeza, onde se estimulará a expressao de talentos pessoais, habilidades socioemocionais enriquecendo assim toda a  Vida Comunitária.

 

 

No CO-LARES no MAR buscamos:

  1. Cultivar e cuidar de uma pequena produção local e orgânica de alimentos;

  2. Utilizar sistemas de energia renováveis;

  3. Utilizar, na medida do possível, materiais ecológicos nas construções;

  4. Criar esquemas de apoio social e familiar;

  5. Acolher a diversidade cultural, racial, sexual e espiritual;

  6. Optar por uma governança circular, incluindo experiência com novos processos de tomada de decisão e consenso;

  7. Adotar a Socioeconomia Solidária e o fortalecimento das economias locais;

  8. Estimular as Competências Socioemocionais e a Saúde Integral de todos os envolvidos